Se você fizer uma pesquisa na internet, ou até mesmo entrar no site do SEBRAE vai ver que ao pesquisar o que é microfranquia obterá a seguinte resposta:

Microfranquias são negócios replicados por meio do modelo de franchising e que exigem um investimento inicial inferior ao das franquias tradicionais.

Como referência, a Associação Brasileira de Franchising – ABF adota como padrão o valor de três vezes o PIB anual per capita (Produto Interno Bruto anual médio por habitante do país) como valor máximo de investimento para o negócio se classificar como microfranquia.

São modelos de negócios bem interessantes para quem está em busca de empreender, investindo em algo que está dando certo.

Vamos conhecer mais sobre as microfranquias.

Vantagens

As maiores vantagens apresentadas pelas microfranquias são o baixo investimento necessário para se iniciar o negócio bem como o rápido retorno desse investimento.

O maior número de microfranquias encontra-se no setor de serviços, tais como ensino, beleza, reparos de roupas e sapatos, entre outros.

Veja também: 7 startups que atuam no mercado da alimentação

A maioria delas não exige um ponto comercial e pode ser operada de casa, no esquema home-based.

Isso faz com que os custos operacionais (aluguel, transporte, refeição etc.) e de contratação de funcionários, por exemplo, sejam reduzidos.

Cuidados necessários

A primeira sugestão é: pesquise muito. Conheça seu franqueador, converse com franqueados e tenha sempre em mente que ser dono do seu próprio negócio, pode exigir muito mais trabalho que ser um funcionário de uma empresa, especialmente no início.

É preciso verificar qual a visibilidade da marca dessa franquia no mercado, pois quanto mais sucesso essa marca fizer junto aos seus consumidores, maior será a garantia de retorno do investimento realizado pelo franqueado.

Outro cuidado importante é verificar se toda a documentação da franquia, especialmente a sua circular de oferta está em acordo com o que estabelece a lei n.º 8.955/94, e se o perfil do empreendedor é compatível com a atividade.

Pesquise muito

Lembre-se de que muitas empresas acabam encerrando suas atividades no Brasil por falta de planejamento. Então, não tenha pressa quando quiser investir.

Procure conhecer bem a microfranquia que pretende adquirir: navegue pelo site, leia todos os detalhes possíveis, anote algumas dúvidas, entre em contato com o franqueador.

Ademais, esclareça tudo que quiser antes de fechar negócio. Para ter ainda mais segurança, converse com outros franqueados, pergunte sobre as relações com os parceiros, com os fornecedores, com o franqueador, sobre como foi o treinamento, como são as consultorias e orientações do dia a dia.

E o mais importante – escolha um mercado com potencial de crescimento – avalie a perspectiva de expansão da microfranquia e torne-se parceiro(a) de um negócio de sucesso.

Conclusão

Para empreender, é necessário ter um pouco de tudo, mas sentir-se predominantemente identificado com o produto/serviço que vai microfranquiar é o ideal para o sucesso.

Administrar uma empresa requer uma atenção a questões que, muitas vezes, podem parecer distantes da realidade operacional do negócio, mas que são essenciais para o sucesso da companhia.

Um ponto que é o grande vilão dos empreendedores brasileiros, de acordo com o SEBRAE é que a nossa população tem um perfil empreendedor, mas engatinha no planejamento.

Imagine ser dono de uma startup na sua região, que oferece um programa de parcerias semelhante ao de microfranquias, e que ainda atua em um mercado altamente lucrativo, que é o da alimentação?

Imaginou? Sim, isso é possível e pode estar perfeitamente ao seu alcance!

Se você tem fome de empreender e quer mastigar uma fatia desse bolo rentável, clique no banner abaixo, conheça o modelo de negócio do Primeira Mesa e venha ganhar dinheiro com a gente.

eBook Investir em Startups

Facebook Comments

Categorias: Microfranquias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.